Star Wars: Master and Apprentice - Claudia Gray

by - 6/30/2020

Esse é o livro que dá início ao Projeto Star Wars. Como falei, eu queria lê-los cronologicamente para acompanhar a história toda em ordem, mas depois eu explico porquê.

Master and Apprentice foi publicado em 2019 e ainda não tem tradução para Português, então tive que ler em inglês. Comprei em ebook porque pela aparência dele, o de capa comum ia ser tipo aquelas versões pockets. Estraga muito rápido, acho simples demais. A versão em capa dura está meio cara pro meu gosto, ainda pretendo comprar, mas não agora. Então de todas opções fiquei com o ebook mesmo. Eu comprei pela Amazon e no final do post deixo o link pra vocês, caso também queiram comprar.

Eu não vou dar Spoiler porque se alguém quiser ler, ainda vai ter as surpresas e também vai que ele é traduzido e publicado no Brasil. Seria lindo.

Esse livro conta um pouco da história de Qui-Gon Jinn e Obi Wan Kenobi e suas missões. Eles começam enquanto ambos estão em um planeta corrupto chamado Teth em uma investigação, mas as coisas não dão muito certo. Logo no começo a gente já percebe que Qui-Gon e Obi-Wan não se dão muito bem. Eles têm problemas de comunicação, o que acaba atrapalhando as missões deles, afinal em uma batalha por exemplo, Mestre e Padawan deve estar perfeitamente alinhados para não se arriscarem tanto.

Por exemplo em um momento logo no início Qui-Gon pede para Obi-Wan cuidar da porta. Obi-Wan logo destrói os controles da porta, quando na verdade Qui-Gon queria que ele cuidasse dos guardas que viessem pela porta.

Qui-Gon estava confuso se Obi-Wan era o padawan certo para ele. Por muitas vezes ele levou essa consideração pro conselho Jedi. Até que um dia o conselho o convidou para se juntar a eles. O que tanto o conselho, como Qui-Gon viram como uma solução para o problema deles. Apesar disso, Qui-Gon pediu um tempo pra pensar. Os pensamentos e atitudes de Qui-Gon eram um pouco inortodoxos para o Conselho Jedi. Fora que ainda vinha a questão de ter que conversar com Obi-Wan e achar um novo mestre pra ele, que já estava com 17 anos.

Antes de responder ao conselho, ele e o padawan foram enviados em mais uma missão. Eles deveriam ir ao planeta Pijal para garantir que um novo tratado fosse assinado. Cuidando para que a oposição não só não impedisse sua assinatura, como impedir que ferissem a princesa.

Em Pijal já havia um Jedi chamado Rael Averross, que lá estava para garantir a segurança da princesa até que ela tivesse idade o suficiente para assinar o tratado e assumir a coroa. Rael assim como Qui-Gon, tinha sido padawan de Dooku, e foi o próprio Rael que pediu que fosse enviado Qui-Gon para cuidar da situação de Pijal.

A partir daí a gente vai vendo o desenrolar da assinatura desse contrato, assim como o desenvolvimento, pra melhor ou pior, do relacionamento de Qui-Gon e Obi-Wan. A gente já consegue a ler sobre as profecias também, como alguns Jedi não acreditam nelas, enquanto a maioria daqueles que acreditam as acham perigosas. 

Nesse livro a gente vai ter um pouco da história de Dooku com Qui-Gon e Rael também. Como Dooku nunca foi muito “certinho” e como seus padawns se relacionavam e lidavam com isso.

Durante o livro todo Qui-Gon e Rael falam que nunca mais conseguiram falar com Dooku. Ele tinha deixado a Ordem e não se comunicava com seus antigos padawans. No final do livro (pra quem já conhece os filmes isso não vai ser Spoiler, mas se você não conhece, pule esse parágrafo), a gente já consegue ter uma leve dica de que Dooku passou para o Lado Negro da Força, só pra deixar com água na boca mesmo. Também no último capitulo temos um salto pro velório de Qui-Gon, que fez até cair uma lágrima. Mostra como Obi-Wan quis que Qui-Gon fosse vestido e porque, além de como se sentia tendo agora Anakin pra ensinar.

Eu fiquei sinceramente, perdidamente apaixonada por esse livro. Os filmes nunca se aprofundaram na relação entre Qui-Gon Jinn e Obi-Wan Kenobi e poder ver isso nesse livro me deixou muito feliz. Eu fiquei surpresa em saber que eles tinham problemas, eu não imaginava isso com o filme, mas depois vou ver mais uma vez o filme e vamos ver se tenho alguma impressão diferente. Seguindo esse livro vem uma HQ com Qui-Gon também então já abro um sorriso só de pensar.

No meio do post eu falei pra quem não viu o filme pular tal parágrafo, mas analisando acho que esse livro não apela para aqueles que não conhecem Star Wars. Não vai trazer pra quem não conhece a história o sentimento que trouxe pra mim por exemplo. Fora que sem conhecer o resto, não sei se esse livro faria muito sentido. Ele não explica o que é a força por exemplo, só fala que os Jedi conseguem usá-la. Então esse é um livro pra quem conhece a história pelo menos um pouco.

Finalmente, esse é um livro que me deixou muito feliz, que adorei ler e conhecer mais essa história. Foi difícil pra mim no começo voltar a ler em inglês, mas depois tudo fluiu muito bem. É uma história interessante que acrescente muito aos filmes que a gente conhece.

Sei que escrevi pra caramba, mas é que realmente fiquei apaixonada. E fora todo carinho que estou colocando nessas leituras.

Pra quem se interessar em comprar o livro só clicar aqui.

Sobre o Projeto Star Wars. Como eu falei, os meus planos eram seguir a ordem cronológica dos livros, porém tem livros que acontecem bem no começo da história, antes dos filmes que ou acabaram de ser lançados ou ainda estão para ser lançados. O que faz por exemplo que um ebook custe R$92,00. Acho isso inviável, então esses que estiverem dessa forma eu vou deixar um pouco pra depois. Mas sempre avisando onde ele se encaixa.

Nos vemos em breve.

You May Also Like

0 comentários