domingo, 19 de abril de 2020

The Originals - Série




Ahhh vamos falar de série?
Eu sempre demoro mil anos para iniciar qualquer série porque se eu gostar vai ser mais uma série que eu vou querer ver várias vezes. Tá aí Supernatural que não me deixar mentir. Estou assistindo todas as temporadas talvez pela sétima vez. Mas estou tentando me livrar dessa mania, se não nunca assisto nada novo.

    Mas tomei coragem, comecei The Originals (depois de ter visto The Vampire Diaries mil vezes também) e acabei de terminar.

    Sei que não é lá uma série nova pra trazer pra cá, mas acho que vale a pena. Eu enrolei muito pra começar também porque fico agoniada de talvez não gostar e mesmo assim não querer abandonar (o mesmo drama que tenho com livros).
    A série conta a história dos primeiros vampiros criados. Uma família de vampiros Originais ‘vivos’ a mais de mil anos. O personagem principal dessa história e Klaus Mikaelson. Ele é parte vampiro, parte lobisomem, um híbrido. Ele começa a série (desde a parte de em The Vampire Diaries na verdade), como alguém extremamente cruel e odiado por todos, mas descobre vai ser pai, e isso aos poucos vai mudando quem ele é.
    A série passa pelos inimigos dele vindo do passado, novos inimigos advindos de suas próprias ações e aqueles que não querem ver sua filha viva.
    Gostei muito da série. Os últimos episódios dela são bem tocantes quando você passa pela história toda. Mas te falar que eu não esperava esse final. Ela não tem exatamente um final feliz, mas ele faz sentido de acordo com a história.
    Posso falar uma coisa, vou sentir muita saudade de Klaus Mikaelson.

    A série acabou tem uns anos, mas quem não assistiu, assista! A série é realmente boa e indico muito!
The Originals saiu de The Vampire Diaries e a partir de The Original veio Legacies. Mas essa eu já não sei se vou assistir. Quem sabe?!

Até mais. =*

Nenhum comentário:

Postar um comentário