segunda-feira, 24 de outubro de 2016

HQ - The Last Of Us - Neil Druckmann, Faith Erin Hicks, Rachelle Rosenberg, Clem Robins, Julián Totino Todesco


Título: The Last Of Us - Sonhos Americanos
Autor: Neil Druckmann e Faith Erin Hicks
Arte: Faith Erin Hicks
Cores: Rachelle Rosenberg
Letras: Clem Robins
Capa: Julián Totino Todesco
Tradução: Fábio Midori
Editora: Dark Horse Comics


   E aqui estou eu me empenhando em ler HQs como eu prometi. A HQ da vez foi The Last Of Us. Como estamos no mês de Halloween, eu estava procurando HQs com temas ligados a isso. Nessa busca vim parar aqui. The Last Of Us era primeiramente um jogo para playstation desenvolvido pela Naughty Dog e lançado em 2013. No jogo, os jogadores controlam um personagem chamado Joel que é encarregado de proteger Ellie, num Estados Unidos pós-apocalíptico com uma humanidade hostil infectada por um fungo mutante.
  





   A história dessa HQ se passa antes dos acontecimentos do jogo. A HQ é sobre Ellie, a menina que Joel tem que proteger no jogo, enquanto ela é transferida para uma escola militar onde todos os adolescentes tem que entrar ao fazer 13 anos. 
   O início da HQ mostra a dificuldade de Ellie em se adaptar a nova escola e brigas que ela acaba se envolvendo.  






   Até que ela encontra alguém em quem ela começa a confiar, uma garota chamada Riley. 



   Ellie vê Riley fugindo da escola militar e decide acompanhá-la. Afinal de contas ela não queria estar ali desde o começo. 





   Juntas, elas enfrentam alguns perigos do lado de fora. Afinal, as criaturas lá fora não são mais exatamente humanos. 
   Algumas surpresas acontecem e passamos a descobrir algumas coisas sobre Ellie. Mas, claro, que isso que não vou contar aqui.

























   Eu fiquei simplesmente apaixona pelo traço dessa HQ, sou oficialmente a mais nova fã de Faith Erin Hicks. Como disse no começo, sou nova nessa coisa de ler HQs e algumas que eu li realmente me deixavam bem confusa com os desenhos. Mas esse me apaixonou, não é bagunçado e achei extremamente caprichado. Não sou nenhuma entendida da coisa, mas pelo menos que é uma HQ linda demais eu posso dizer. 
   Confesso que fiquei um pouco decepcionada com o final da história e também com o fato de ela, mesmo sendo em quatro volumes, ser tão curta. 
   Mas adorei o traço, adorei a história e confesso que depois de ler voltei algumas vezes só pra olhar os desenhos de novo. 
   Deixei durante a postagens vários pedaços da história pra vocês terem uma ideia. É uma HQ que vale muito a pena de ser lida, mesmo por quem não conhece o jogo. 
   Então ta aí! Super recomendada!!!

   Nos vemos em breve. xo



quarta-feira, 12 de outubro de 2016

LIVRO - Histórias Mal-Assobradas De Portugal E Espanha - Adriano Messias




Título: Histórias Mal-Assombradas De Portugal E Espanha - Série De Contos Para Não Dormir 5
Autor: Adriano Messias
Ilustrações: Alexandre Teles
Editora: Biruta
1a Edição - 2010

   A Série De Contos Para Não Dormir é composta por 6 volumes. Sendo eles:

  1. Histórias Mal-Assombradas Em Volta do Fogão a Lenha
  2. Histórias Mal-Assombradas Do Tempo Da Escravidão
  3. Histórias Mal-Assombradas De Um Espírito Da Floresta
  4. Histórias Mal-Assombradas Do Caminho Velho de São Paulo
  5. Histórias Mal-Assombradas De Portugal E Espanha
  6. Histórias Mal-Assombradas Do Espaço Sideral
   Mas hoje vamos falar só do quinto livro. O narrador-personagem, André Villas Boas é um rapaz de 20 e poucos anos que nesse livro conta sobre um final de semana em que viajou para a casa de suas três tias tricoteiras em Lavras. Suas tias moravam em um sítio bastante isolado e que de acordo com o narrador só de ir se aproximando as coisas já começam ficar estranhas e a realidade distorcida.
   André adorava ir no sítio de suas tias justamente por isso e por todas as histórias de terror que suas tias contavam. 
   Além das histórias que elas contavam ainda tinha a que acontecia ali mesmo, dentro da casa delas. 
   Havia na casa, um quartinho que vivia trancado, onde existia um tear muito, muito velho. Esse tear em tempos passados pertencia a Velha de um olho só, com quem em toda sua curiosidade, André se deparou dentro daquele quartinho que vivia trancado. 
  Ao descobrir a Velha no quartinho, ele procurou que suas tias contassem tudo que havia de se saber sobre ela. Para assim, encontrar uma forma de resolver o problema com que tinha se deparado, a Velha de um olho só, com o manto com cabeças de bonecas descabeladas e as tramas do tear cheio de rostos de crianças assustadas.



(Velha de um olho só)


   Vale lembrar que esse livro é para um público mais novo. Sendo assim, não foi nada de me tirar o sono ou de me surpreender tanto. Mas trata-se de uma leitura muito fácil e gostosa, perfeita pra quem está começando a pegar gosto pela leitura. A linguagem usada é bem simples, não existe dificuldade nenhuma na leitura desse livro, eu mal tinha começado e quando fui ver já estava terminando.
   A história é interessante, flui muito bem e tem um desfecho muito interessante. O livro conta com algumas ilustrações, sempre nesse estilo sombrio preto e branco, que combina perfeitamente com a proposta do livro.

   



   Fica aqui a dica de um livro leve, fácil e interessante. Perfeito pra pessoas mais jovens que estão desenvolvendo gosto para leitura, mas ainda assim um passatempo perfeito pra pessoas de qualquer idade. 
  Indicadíssimo!!! 

  Até mais =***

terça-feira, 4 de outubro de 2016

HQ - Batman - A Piada Mortal - Alan Moore, Brian Bolland




  Decidi há algum tempo, que ia começar a ler mais quadrinhos. Como toda criança eu lia bastante quadrinhos, mas depois de grande perdi o hábito. Na verdade nem lembro muito dos quadrinhos que eu costumava ler naquela época. Ano passado foram lançados alguns quadrinhos de Star Wars e isso me fez voltar a ler quadrinhos.
  Então foi decidido: Hora de procurar quadrinhos para ler. E esse foi pra começar...

   Há muito tempo tenho recebidos recomendações pra ler esse Quadrinho. Enrolei, enrolei (porque essa sou eu rsrs), mas finalmente li. 
   Como eu já esperava, ele é maravilhoso. 
   A história conta alguns pedaços da linha do tempo do Coringa. Quem ele era antes de toda loucura, como ele veio a se tornar o coringa e todo o extremo dele depois.
  No quadrinho conhecemos a mulher que o Coringa teve, entendemos como tudo muda e o porque de toda sua loucura. De acordo com o quadrinho o Coringa está mais descontrolado do que nunca. Ele quer provar que todos podem ficar loucos igual a ele se tiverem o estímulo certo. E é justamente isso o que ele tenta fazer com Gordon. Colocando ele em situações extremas, assim como ele viveu antes.
  Claro, nosso querido amigo Batman vai procurar o Gordon e vai atrás do Coringa aqui também. Te falar não tem como não gostar do Morcegão!!! No final da HQ ainda quando você percebe que o Coringa e o Batman são mais parecidos do que imaginávamos é mais apaixonante e curioso ainda!!!
  
  Adorei essa HQ e indico, demais!!! Inclusive para pessoas que como eu não tem muita habilidade ou costume em ler HQ. Uma HQ mega divertida que espero que te agrade também!!! :)


  Algumas imagens pra deixar um gostinho...