segunda-feira, 19 de setembro de 2016

LIVRO - Drácula - Luis Scafati



"Drácula" de Luis Scafati.

  Luis Scafati nasceu em 24 de novembro de 1947 em Mendonza, Argentina. Começou a desenhar ainda criança e estudou na Escola de Artes Plásticas da Universidade Nacional de Cuyo. Scafati publicou seus desenhos em vários meios de comunicação. Ele salientava as ilustrações de textos clássicos como Dom Quixote, Metamorfose de Franz Kafka, As Aventuras de Arthur Gordon Pynn de Edgar Allan Poe, entre outros.
  Seus trabalhos foram expostos em vários lugares do mundo, como por exemplo Frankfurt, Madri, Argentina, Bulgária e Suíça. 
  Entre muitos de seus trabalhos encontra-se esse com texto e desenho baseados no Drácula de Bran Stoker, publicado por uma editora espanhola na Checoslováquia, Brasil e Inglaterra.
   Em 1981, ele recebeu a mais alta distinção que pode ser concedido a um artista na Argentina, o Grande Prêmio de Honra no Salão Nacional de Desenho. Em 2003 foi nomeado Cidadão Ilustre em Mendonza. Em 2012 ele recebeu o Prêmio Konex, Diploma de Mérito como um dos melhores ilustradores da década na Argentia, além de ser nomeado Doutor Honoris Causa da Escola Nacional de Artes Plásticas da Universidade de Cuyo. 

 Luis Scafati


   Drácula de Luis Scafati é de um romance gráfico baseado na obra de Bran Stoker, que leva o mesmo nome. Claro que trata da história toda de forma bem reduzida, o livro tem um pouco mais de 100 páginas e na sua maioria intercalando uma de desenho e uma de texto, mesmo assim com duas ou três frases por página.
  Comprei esse livro na Bienal do Livro de São Paulo, e sinceramente parecia que ele estava todo desprezado alí no canto dele. Não entendo porque, já que se trata de um livro lindo.
  Adorei o estilo do desenho, a forma que foi colocada a história, a capa. Que capa!!! A foto, realmente não faz jus a ela. A parte onde tem o título e o autor tem uma textura, e o desenho ao lado outra diferente. O vermelho do escrito é brilhante e em baixo relevo, assim como na parte de trás. Os desenhos por dentro são cheio de detalhes, se você aproximar e reparar bem.

   Abaixo, fotos de algumas imagens dele pra vocês poderem ter um gostinho do que estou falando.
 
   Ah, um pedacinho que amei do livro:
  "Muitos", diz Drácula com voz leve, "entendem a vida como uma linha reta que se origina em um ponto ao nascer e termina em outro a morrer. Poucos a concebem como um círculo no qual se nasce e se morre eternamente. Neste instante, estás morrendo em algum ponto do círculo, enquanto em outro estás nascendo; em um, és uma menina que acaba de descobrir uma cor; em outro, uma anciã atormentada."










   Eu amei esse livro, pena que ele não parece ser muito conhecido. Mas fica aí uma dica de um livro não tão conhecido, mas simplesmente lindo!!!

***Prometo não sumir!! Nos vemos logo!!! XO

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

SÉRIE - How To Get Away With Murder



   How To Get Away With Murder é uma série de Drama/Mistério dos Estados Unidos, transmitida pela ABC desde setembro de 2014. A série foi criada por Peter Nowalk, responsável pelos roteiros de séries como Grey's Anatomy e Scadal. 

Peter Nowalk


   How to get away with murder é como Annalise Keating (Viola Davis), chama as suas aulas de Direito em uma Universidade de prestígio na Filadélfia, a Middleton Law School.
   Ela escolhe 5 de seus melhores alunos para trabalhar com ela todo ano. Mas o que era pra ser só um trabalho vira muito mais do que isso quando eles se envolvem em um assassinato.
   No decorrer dos episódios algumas cenas do assassinato são mostradas para que possamos entender melhor o que aconteceu. Pequenos fragmentos, do primeiro até o último episódio. As cenas não são mostradas em ordem cronológica, são de trás pra frente. Primeiro mostrando o que eles decidem fazer com o corpo e depois o voltando ao que realmente aconteceu.
   Tanto a primeira temporada, como a segunda temporada são passadas da mesma forma. Mas não se engane, isso não a faz ser chata ou repetitiva. Uma coisa que pode ser dita dessa série é que ela é simplesmente maravilhosa. Tudo bem que, por ser uma estudante de Direito, sou suspeita para falar. Mas conheço muitas pessoas, de diferentes tipos, que amam How to get away with murder. Como não amar?
  Uma coisa ruim sobre a série é que ela só pode ter 15, ou no máximo 16 episódios, graças (infelizmente) ao contrato mantido com Viola Davis.

   How to get away with murder foi indicado a vários prêmios e venceu alguns, assim como alguns dos atores.
   O grande destaque dessa série é Viola Davis. Indicada a vários prêmios, ela ganhou o Primetime Emmy Award como melhor atriz de série dramática, People's Choice Award como atriz favorita em uma nova série, NAACP Image Award como melhor atriz de série dramática, e Screen Actors Guild Award também como melhor atriz de série dramática.

Viola Davis (Annalise Keating)


   Além da maravilhosa Viola Davis, a série conta como personagens principais:

Jack Falahee (Connor Walsh)


 Aja Naomi King (Michaela Pratt)

Alfred Enoch (Wes Gibbins)


 Billy Brown (Nate Lahey)


 Liza Weil (Bonnie Winterbottom)


Charlie Weber (Frank Delfino)


Karla Souza (Laurel Castillo)


Matt McGorry (Asher Millstone)


 A terceira temporada está com data marcada para dia 24 de setembro (logo alí), e sinceramente não vejo a hora, estou sinceramente contando os dias.
  E está super indicada para todos!!!